Onde andas JV?

Desde os tempos do secundário que seguia amiúde as crónicas do Fala Barato e posteriormente o Cavaco e O Moralista, que se tornaram leituras assíduas no 6º CZ (a maior parte delas na casa-de-banho certo, mas eram tempos bem passados ;)).
O José Vilhena era a salvação para os jovens que procuravam algo nos quiosques além das Tânias e das Ginas e cultivavam um humor… ordinário. No fundo não eram mais do que umas revistas com o fundo vermelho, umas senhoras voluptuosas na capa, uma crítica política acutilante (parece que noutros tempos lhe valeu uns problemas com a PIDE) e um escape para o quadradismo satírico/humorístico que se vivia naquele tempo.
O Portuga presenteou-me com um cartoon actual:

Venham mais destes que eu gosto 😀

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Nuvidades. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s