Good old days

Cerca duma década sem ouvir estes senhores… Que crime!

(A qualidade do vídeo… As damas da fila da frente souberam que eu estava no recinto e foi a gritaria que se vê 🙂 )
Uma voz diferente, uma letra engraçada, um ritmo porreiro e um baixo… Grande baixo! Impressionante como se expressa melhor um ritmo sem ter que recorrer ao eléctrico. Estes senhores são uns mestres e um dos meus marcos musicais.
E como é que eu lhes retribuo? Passo o século sem os ouvir. Se me estiverem a ler ( 😀 ) aqui vão as minhas desculpas.

Engraçado como certas músicas refrescam tão facilmente a memória. Good old days com a malta do Zip Zip, festas em garagens, tropelias de adolescente, noites de Sardinha Biba, Clube 84, Trigonometria, …

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Nustalgia, Sonuridades. ligação permanente.

14 respostas a Good old days

  1. miguel diz:

    Xé uê! Sardinha Biba? Caramba, aos anos! E o Clube 84? ahahahahahaha Kum caraças! Trigo, Deslize, mamauêeeeeeee… Um gajo está a ficar kota meu! Isso não se faz! eheheheh A música é boa, com a dama bem agarrada no pescoço, mão apertadinha na cintura e o quê… Xêeeeeeeeeee!!!

  2. engricky diz:

    Levantei o véu 🙂
    As dama era mesmo agarrada anssim no pescoço, tipo não vou ti largá mais 😉

  3. migas diz:

    Sorry… enganei-me no blog. Pensei que o autor era português e o famoso comentador “miguel”, também… 😉 É de mim ou vocês estão-lhe a tomar o gosto ao xéeeee? 😀 Irreconhecíveis… “Kotice”, deve ser da “kotice” ah ah ah

  4. engricky diz:

    Um dia destes eu coloco umas da Rua Sésamo para a eng.ª não se sentir muito mal. Melhor ainda, pelas suas estiradas depreendo que o Bocas será mais do seu agrado.
    Quanto à linguagem, eu bem me esforço para ver se alguém do Jornal de Angola dá por mim, mas parece que eles se interessam mais por receitas. Qual é a fórmula, cara colega?

  5. Miguel A. diz:

    Trignometria, caramba… aos anos que não ouvia falar nisso.

    Sim, estamos a ficar Kotas mesmo, caraças…

    Daqui a pouco o chefe ainda começa a falar no Rock Rendez Vous…sim, pq o Eng. ainda é kandengue…

  6. migas diz:

    Ora, vamos lá começar o dia bem dispostos! Quero tudo com os braços no ar! “Kotas”: Migueis e Ricky!

    É bom ginasticar… ginasticar.
    É bom ginasticar. Vamos lá praticar.
    Dá mais força ao coração!!

    😀 Eh pá, sou mesmo “pikena”. Próximo momento, Bocas. Ou Tom Sawyer.

    Cota Ricky, não são estas “estiradas” que me tiram os sono! 😉

  7. migas diz:

    Eh pá, isto é giro. O link aparece aqui e tudo. Hummm, quando tiver tempo, ainda venho cá pôr outro. É giro… E trás dinâmica aos comentários. Acho que é hoje que o Jornal de Angola vem cá. 😉

  8. pp diz:

    fiel companheiro, kota? lol
    olha bem para nos, quais miudas mais giras 😀

  9. engricky diz:

    Ya, Rock Rendez Vous já só conheço de estórias que a minha mãe me contava ao deitar. Mas existiu mesmo? Eu pensava que eram fábulas… 😀

    Agora, deixam a canalha vir meter a mãozinha no brinquedo e é o que se vê… Já desfigurou isto tudo. Se fosse menino dizia-lhe para ir brincar com a pilinha para a areia, assim… Vou só mudar o comentário e mostrar-lhe um cartão amarelo, Eng.ª.

    Beleza não tem nada a ver com kotice. Senão, haveria gente que nunca ficaria kota, pp. Ou gente que já nasceria kota, Migas. 🙂

  10. pp diz:

    eng, repare que as giras serao “eternamente” miudas 😉

  11. engricky diz:

    Como é aquele…? “Gente gira é outra coisa”…?

  12. migas diz:

    Oh… não brinco mais. Oh… oh… oh… És kota, e feio. 😛

    Dedico-te o vídeo do mostro das bolachas (não ponho aqui o link que senão DESCONFIGURA a tua caixa de comentários) mas podes ir lá procurar pelo “PELUDO E AZUL”.

  13. engricky diz:

    Era mesmo no sentido de desfigurar (que acaba por ter uma definição idêntica ao desconfigurar) pois ficou mais feio.

    Essa de procurar pelo peludo e azul, deixo para a menina que vai lá de férias 😉 Leve uma tesoura.

    Kota… vá, para si até sou. Feio… se estivesse no seu lugar faria sexo comigo na boa. 😐

  14. engricky diz:

    Pronto, não brinco mais. Este picanço foi inventado. A coisa estava monótona e eu sem imaginação e chateei a leitora com a respectiva autorização 😛
    Vá, eu prometo que a próxima vez que o fizer eu uso insultos a sério. Mas com uma senhora não podia, né? 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s