Abençoadas m’baias

Hoje a fila começava na Corimba.
Depois das chuvadas de ontem tinha-me mentalizado que não iria pela praia. Qual quê? 45 minutos para ir da Corimba à Casa da Mãe do Presidente e a fila era contínua pela Samba.
À entrada da praia vinha um Iáce em sentido contrário. Baixei o vidro: Que se passa? Resposta: ‘Tá malaike. Os carro já tão à colá. À frente, já com as rodas a serem lavadas pela água do mar estava um Iáce e, imagine-se, um camião de transporte de água potável. Enterradinhos até meio da roda. Claro! Com a chuvada que caíu a areia ficou “fofa”. Meti-lhe as baixas e lá foi o boguinhas a liderar a excursão de 4×4. Começar o dia com uma baja é bem divertido 🙂
Menos divertido é ter um boelo a vir na fila porque não sabe o caminho, mas quando vê a estrada em alcatrão lá ao fundo se lembra de ultrapassar toda a gente sem se importar com as poças e a cagada que faz.
Conclusão: depois chegar à Praia do Bispo e seguir até à Baixa foi canja. O trânsito na Samba devia estar parado.

P.S. Para quem não sabe as m’baias são as fífias típicas dos Iáces. O curva e contra-curva, o muda de faixa e volta à mesma, o pára de repente, o descarrega passageiro mesmo no meio da via… Tudo sem um único pisca, claro 😉

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Pessoais e transmissíveis. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s